Confira a nova regra para utilização do FGTS

Uma mudança importante para os que desejam financiamento imobiliário

Na última versão do Manual do FGTS, definido em abril deste ano, a Caixa trouxe a público o informativo que tratava da regulamentação do uso do FGTS para negociação de até 12 prestações de financiamento habitacional em atraso.

 

Agora, o Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) também trouxe um benefício para os que possuem o sonho de ter uma casa própria e necessitam de financiamento imobiliário. 

 

No dia 18 de outubro deste ano, tornou-se livre o uso dos próximos depósitos do fundo de garantia como previsão de renda para os cálculos das prestações de financiamentos imobiliários. Com a nova medida, os brasileiros que não atingiram os critérios de renda mínima impostos pelos bancos poderão, enfim, realizar o sonho de ter uma casa própria. 

 

Entretanto, é importante lembrar que os trabalhadores que decidirem utilizar o FGTS para solicitação de financiamento imobiliário deverão agir com muita atenção, pois a nova regra estabelecida pelo Conselho Curador do FGTS pondera que, ao aderir a este serviço, os solicitantes terão os novos depósitos bloqueados em suas contas.